Faz de conta que é felicidade

Desconfio das pessoas que gritam sua felicidade aos quatro cantos. As que realmente são felizes demonstram com brilho no olhar, leveza de aura e todas as outras coisas clichês e piegas que a felicidade proporciona. Para mim, quem tem que falar que é feliz a todo momento só está tentando convencer os outros – e a si mesmo – que é.Gritam a felicidade para tentar espantar a tristeza.

A tristeza é uma menina tímida e que se acha feia. Quando vê a alegria cheia de sorrisos e efusividades, prefere se esconder. Ela gosta de aparecer quando está na companhia da sua melhor amiga, a solidão. Aí sim, se esbaldam. Sofrem, choram, doem, machucam e espezinham. Por isso ninguém quer ser visto perto da tristeza…

Tá, eu até entendo a necessidade que as pessoas sentem de expressar uma falsa felicidade, porque quem gosta de tristeza é poeta, né?  Mas… será que vale a pena essa (auto) enganação? Ao invés de perder o tempo preocupado em fingir que tá feliz, por que não procurar ser feliz de verdade?  Tenho a impressão que viver a felicidade é bem mais proveitoso que falar sobre ela. Bom é tentar expulsar a menina tímida e que se acha feia. Eu tô tentando…


Anúncios

5 pensamentos sobre “Faz de conta que é felicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s